Refinanciamento do imóvel: quando é possível entrar com o recurso
5 de outubro de 2018
Comprando a Casa Própria: 8 passos para organizar a vida financeira
17 de outubro de 2018

Avaliando um imóvel para toda a família

Encontrar o apartamento ideal para você, seja acompanhado de seu companheiro ou companheira, seja sozinho, é um sonho que pode ser realizado. Contudo, é preciso ter cuidado e paciência ao pesquisar e adquirir um imóvel. Confira algumas dicas para avaliar suas opções da melhor maneira:

1. Saiba o que você procura

Ninguém melhor do que você e sua família para saber o que é melhor para vocês. Por isso, saiba definir suas prioridades e, a partir disso, entender qual é o tipo de imóvel que terá mais valor.

É preciso que ele se alinhe ao seu estilo de vida; portanto, leve em consideração sua rotina e qual tipo de região é prioridade, ou seja, se a localização do apartamento permite acesso fácil aos locais que importam. Lembre-se, também, da diversão: avalie seu tipo de programa preferido e coloque esse quesito na balança ao procurar por seu novo lar.

2. Preste atenção na segurança

A segurança de um lar é um aspecto valioso. Por isso, leve-a em conta no processo de decisão. Informe-se sobre o bairro em que ele está localizado, saiba qual é o tipo de movimento que acontece na região — nesse caso, vale até pesquisar sobre taxas de incidência de violência ao redor.

Conferir se o imóvel é equipado com câmeras, alarmes e, também, se possui a presença de porteiros ou seguranças também é um ponto importante. Priorize locais que valorizem a tranquilidade dos moradores.

3. Conheça a região

Imagine se você tem dificuldades de dormir e acaba investindo em um apartamento localizado numa região super barulhenta. Complicado, não é? Por isso, conhecer a região quando se está no processo de avaliar um imóvel é um passo indispensável.

Tenha em mente que é preciso considerar os fatores que importam para você, como, por exemplo, proximidade do escritório, opções de diversão de fácil acesso — como bares e restaurantes — e vizinhança calma. Não hesite em caminhar pelas ruas próximas e conversar com moradores e funcionários do prédio para conhecer os detalhes. Isso é importante até mesmo para pesquisar sobre os tópicos que citamos anteriormente.

4. Defina os requisitos para qualidade de vida

Pense nos seus hobbies: você gosta de cozinhar? Se dedica a atividades físicas? Toca algum instrumento musical? Leve todos esses hábitos em conta na hora de procurar por um apartamento para comprar. Existem imóveis com espaços gourmet, condomínios com academia e toda a variedade de opções de lazer e bem-estar que sua família pode procurar.

Saúde financeira e familiar

Tente se colocar na seguinte situação: você encontrou o apartamento ideal, mas, em algum momento da negociação, o sonho cai por terra e a compra não é concluída. Isso poderia se tornar um verdadeiro pesadelo, certo?

Por isso, é muito importante entender a situação financeira sua e de sua família antes de entrar de cabeça numa negociação para adquirir o novo imóvel. Veja algumas dicas para lidar com esse processo da melhor maneira possível — e sem sustos!

1. Faça um planejamento financeiro familiar

Ao planejar a compra de um imóvel, um dos primeiros passos deve ser analisar a renda familiar. Só assim é possível fazer uma projeção realista dos recursos disponíveis para esse investimento. Para isso, é preciso fazer um levantamento das despesas totais da sua família e colocá-las no papel para análise (junto às fontes de renda, é claro).

Isso é importante para entender como está a saúde financeira de sua família e ter uma ideia de como as contas ficarão quando um apartamento for financiado.

2. Realize testes antes de decidir investir

Uma atitude recomendada por vários especialistas do mercado imobiliário é fazer simulações de financiamento e testar o investimento antes de realmente comprar o imóvel. Muitos bancos, hoje em dia, fazem gratuitamente uma simulação de crédito pré-aprovado, que mostra quanto da renda ficaria comprometida com as parcelas do apartamento.

Uma vez que fizer isso, procure economizar, por mês, o valor que será investido caso a compra realmente seja feita. Se o orçamento apertar, pode ser um bom momento para repensar sua decisão.

3. Conheça os custos envolvidos na compra

Adquirir um imóvel é um processo burocrático, que pode envolver gastos para além do valor financiado. Sendo assim, é importante contar com a presença de um bom corretor, que informará sobre valores extras envolvidos na transação, como o ITBI (imposto de transmissão de bens imobiliários) e taxas de cartório.

Além disso, verifique com o corretor o que realmente estará incluso no apartamento que você pretende comprar. Em casos de imóveis usados, o proprietário anterior pode chegar a retirar lustres, fiações das lâmpadas e acessórios do banheiro. Chegar numa casa vazia vai exigir gastos extras! Por isso, confira esses detalhes com cuidado e coloque no papel qualquer investimento que seja necessário.

4. Saiba qual é o valor de um novo lar para você

Comprar um apartamento para começar uma nova vida com sua família é um passo grande e muito importante. Lembre-se sempre do valor que essa atitude têm para vocês. Pesquisar imóveis e passar pela burocracia de adquirir o apartamento dos sonhos pode ser um processo desgastante e cansativo.

É essencial ter honestidade e companheirismo ao passar por situações envolvendo planejamento financeiro, burocracias e surpresas — que podem ser boas ou ruins! Esse processo é só mais um passo em direção ao sonho de construir um lar com as pessoas que você ama.

Fonte: Como Comprar um Apartamento

Últimas unidades à venda! Faça um investimento seguro com garantia de valorização.

Comentários

Os comentários estão encerrados.