Manual da casa própria: tudo o que você precisa saber para sair do aluguel
7 de novembro de 2018
Aprenda a fazer seu dinheiro render para conquistar a casa própria
13 de novembro de 2018

Porcelanato e cerâmica: veja como limpar e conservar adequadamente

Realizar a limpeza de pisos de cerâmica é uma tarefa comum no dia a dia, afinal de contas, basta uma combinação de água + produto e pronto, tudo resolvido, certo?

Pisos feitos destes materiais costumam sim ter uma manutenção prática, mas  exigem uma série de cuidados, tanto no começo quanto ao longo do tempo. A seguir daremos algumas dicas de como realizar a limpeza de porcelanatos e cerâmica da forma correta e garantir que os pisos tenham maior vida útil.

1. Limpeza pós-obra

Atenção: a limpeza pós-obra é diferente das limpezas do dia a dia, e realizar esse processo é fundamental. É a primeira limpeza da cerâmica ou do porcelanato e evita manchas nos primeiros anos de uso, por isso deve ser feita com muito cuidado. É natural que, após a obra, fiquem alguns restos de materiais abrasivos como poeira, cimento e gesso na superfície do revestimento, e a melhor forma de remover esses resíduos é com um pano macio e seco.

Após esta primeira etapa, use uma esponja umedecida em água para limpar e garantir o brilho da peça, evitando manchas. Lembre-se sempre de não usar o lado grosso da esponja para não riscar. O próximo passo é aplicar um produto específico para a primeira limpeza da cerâmica ou porcelanato. Estes produtos são facilmente encontrados em lojas de materiais de construção ou center lar e o uso deles é muito importante para remover possíveis manchas e deixar o piso com uma aparência perfeita e brilhante.

Pode ser que, durante a pintura da obra, respingos de tinta caiam no piso e acabem sendo difíceis de tirar com os métodos tradicionais. Se isso acontecer, não force a remoção com esponjas de aço ou produtos diversos, o indicado é utilizar um solvente orgânico ou ácidos como Thinner e Aguarrás. Só tome cuidado para não deixar esses produtos agindo por muito tempo, aplique e remova com um pano logo em seguida.

2. Limpeza do rejunte

É comum pensar que, realizando a limpeza do piso o rejunte automaticamente entra no conjunto, mas não é bem assim. O rejunte também necessita de limpeza pós-obra, sabia? Porém, o processo é menos trabalhoso e pode ser realizado ao mesmo tempo que o dos pisos, desde que o rejunte tenha sido aplicado há mais de 7 dias.

Para limpar o rejunte, basta diluir o produto específico para limpeza de cerâmica e porcelanato na água e deixar agir por dez minutos, depois é só limpar com o lado amarelo da esponja. Na limpeza do dia a dia pode ser usado saponáceo cremoso, basta aplicar, deixar agir e depois retirar com a esponja.

Se houver dúvidas durante esse processo, realize a limpeza em uma pequena parte do piso e veja como ela reage. Se estiver tudo certo, siga com o restante.

Em ambientes com muita umidade, pode acontecer do rejunte adquirir mofos e manchas. Neste caso uma solução prática e eficaz é usar vinagre branco puro ou diluído em água e uma escova de dentes com cerdas de nylon para fazer a esfregação. Atenção: não utilize esponjas de aço nos rejuntes, isso pode causar corrosão e aumentar a porosidade da argamassa, ficando suscetível ao bolor.

3. Limpeza de pisos cerâmicos e porcelanato no dia a dia

A limpeza do dia a dia pode ser feita de maneira prática, mas sempre tomando alguns cuidados essenciais. Em primeiro lugar, utilize um aspirador de pó ou uma vassoura macia para retirar a poeira e as sujeiras que possam riscar o piso durante o processo de limpeza. Depois, prepare um balde com água e detergente neutro e passe um pano torcido em todas as extremidades do piso. Lembre-se que, para limpezas pesadas, o indicado é utilizar saponáceo líquido ou cremoso e soluções com cloro ativo (leia as instruções antes de aplicar). Para finalizar, utilize um pano seco e macio.

4. Removendo manchas

O aparecimento de manchas em pisos de cerâmica e porcelanatos podem acontecer por diversos fatores: bebidas, comidas, circulação, poeira, entre outros. Porém, na maioria dos casos, as manchas vêm de limpezas efetuadas de forma incorreta ou uso de produto inadequado.

Para remover manchas esqueça tudo o que for abrasivo (produtos, esponjas, escovas, panos) e aposte em água e detergente neutro. Se não funcionar, recorra à água sanitária diluída. É importante lembrar que nenhum produto, por mais inofensivo que seja, deve ser deixado “agir” sobre os pisos. Em vez disso, aplique com um pano macio quantas vezes forem necessárias e sempre finalize com um pano seco.

Existem no mercado produtos específicos para limpeza de cerâmicas e porcelanatos. Estes também podem ser usados para remoção de manchas, desde que se tenha certeza que o produto é adequado para o material, por isso sempre leia a embalagem e procure se informar.

Lembre-se: quanto mais claro e polido for o piso, maior a necessidade e frequência de limpeza.

Fonte: Blog Elizabeth

 

 

 

Comentários

Os comentários estão encerrados.

× Como podemos te ajudar?